No dia 30 de maio, o FBI (Departamento Federal de Investigação) dos Estados Unidos, soltou um comunicado recomendando que qualquer usuário de roteadores em casas ou escritórios reiniciassem seus aparelhos para interromper a execução de um malware e ajudar na possível identificação dos aparelhos que possam ter sidos infectados. A agência usou sua conta no Twitter para fazer o comunicado.

O Malware, para quem não conhece, é um programa de computador destinado a infiltrar-se em um sistema alheio de forma ilícita, com o intuito de causar alguns danos, alterações ou roubo de informações (confidenciais ou não). Ele, por sua vez, pode aparecer na forma de código executável, scripts de conteúdo ativo, e outros softwares. “Malware” é um termo geral utilizado para se referir a uma variedade de formas de software hostil ou intruso. O termo badwares é às vezes utilizado e confundido com softwares prejudiciais não intencionais, segundo o site Wikipédia.

Segundo o FBI, esse malware tem o poder de interromper o tráfego de dados da internet, com isso coleta as informações ali transmitidas e logo após os deixam inoperantes para seus usuários.

A Cisco, companhia americana líder mundial em TI e redes, disparou um comunicado de alerta sobre esse Malware para possíveis cancelamentos de acesso à internet de milhares de usuários no mundo todo. Mas, será que somente reiniciando o roteador ou o modem, os usuários ficam realmente livres desses Malwares? A resposta é não. Todo e qualquer usuário, seja ele doméstico ou não, têm quase que por obrigação possuir um antivírus instalado e atualizado em sua máquina.

Segundo o site CanalTech, “escolher um programa de uma boa desenvolvedora, e até mesmo desembolsar uma graninha comprando o pacote completo de proteção, é a melhor saída.” Os antivírus que possam lhe trazer confiança e tranquilidade, que funcionem sempre com as “vacinas” atualizadas e com uma ótima reputação na comunidade tech, faz toda a diferença quando o assunto é segurança da informação.


Autor (a): Eduardo Medeiros, Gerente de Produto e Especialista Técnico na Acorp do Brasil.


Facebook | Linkedin | Twitter 

Precisa de apoio, cotação ou mais informações?

Entre em contato conosco via formulário de contato, nossa equipe terá o maior prazer em atendê-lo.